Danças Ocultas novo álbum e nova digressão

sexta, 10 fevereiro 2017 11:33 Escrito por 
Danças Ocultas novo álbum e nova digressão D.R.

Os Danças Ocultas continuam o sonho e preparam novo disco e nova digressão com mais países no percurso

Desde Maio de 1989, que Artur Fernandes, Filipe Cal, Filipe Ricardo e Francisco Miguel se organizaram em torno de um sonho: o colectivo Danças Ocultas.

Um projecto que tem como objectivo explorar, imaginar e conceber novas linguagens musicais, transformando o mundo pelo som e desenvolvendo todas as possibilidades do “instrumento inventado na primeira metade do século XIX - o acordeão diatónico - em Portugal conhecido como concertina”.

Com oito trabalhos discográficos editados e uma das mais prestigiadas carreiras internacionais, o grupo tem apresentado esta sua forma de afirmação da música como linguagem de fraternidade universal pelas mais significativas salas nos quatro cantos do mundo.


As Danças Ocultas preparam agora o seu novo disco de originais que contará com a produção de Jaques Morelenbaum, reputadíssimo maestro, compositor e violoncelista brasileiro com um notável curriculum de colaborações com Caetano Veloso, Marisa Monte, António Carlos Jobim, Ryuichi Sakamoto, David Byrne e Cesária Évora, e outros. Este novo trabalho terá edição nacional e internacional.

A digressão internacional já está a ser preparada e 2018 será provavelmente o ano em que o grupo realizará uma das suas mais extensas digressões da sua longa história, que começará em Portugal e se estenderá a países como Alemanha , Áustria, Canadá e China , e outros.