O Jazz e o R&B estão mais pobres, Al Jarreau morreu hoje aos 76 anos

domingo, 12 fevereiro 2017 20:39 Escrito por 
O Jazz e o R&B estão mais pobres, Al Jarreau morreu hoje aos 76 anos Fábio Tito

O cantor americano Al Jarreau, conhecido pelo seu trabalho no jazz e R B, morreu hoje aos 76 anos.

Al Jarreau, vencedor de sete prémios Grammy morreu em Los Angeles, nos Estados Unidos, dias depois de anunciar a sua retirada dos palcos e de ter sido hospitalizado por fadiga.

Al Jarreau morreu hoje às 05:30 (hora de Los Angeles). Estava hospitalizado, acompanhado de Ryan (filho), Susan (mulher), amigos e família”, explicou o agente do cantor, Joe Gordon, num comunicado enviado este domingo aos meios de comunicação social, citado pela agência EFE.

O comunicado referia também que "a todos que estiveram nos seus concertos e ouviram os seus álbuns: ele precisava de vocês, e vocês sempre estiveram lá por ele, durante mais de 50 anos". "Era grato por vocês todos os dias, e fazia o seu melhor para mostrar para cada um de vós".

O texto também refere que a prioridade do cantor sempre foi trazer alegria às pessoas. "Fosse dor emocional, ou desconforto físico, ele precisava tranquilizar as nossas mentes e trazer paz aos nossos corações. Precisava de ver um sorriso quente e verdadeiro onde não havia um antes. A música era apenas uma ferramenta para fazer isso acontecer".

A família irá mandar celebrar uma missa para as pessoas mais chegadas ao cantor, mas não está prevista nenhuma homenagem pública ao cantor.

Al Jarreau, nascido em Milwaukee no estado do Winsconsin, editou o seu primeiro álbum em 1975, com 35 anos. Dois anos depois recebeu o seu primeiro prémio Grammy, de sete, com o disco “Look to the rainbow”.

Depois de ter sido distinguido com vários prémios como cantor de jazz, Al Jarreau chegou a uma audiência maior com “Breakin’ Away”, de 1981, que vendeu mais de um milhão de cópias e incluía o tema “We’re in this love together”. O álbum venceu prémios Grammy nas categorias vocais de pop e jazz.

O tema central da série de televisão dos anos 1980 “Modelo e detective” (“Moonlighting”), protagonizada por Bruce Willis e Cybill Shepherd tornou a voz de Al Jarreau conhecida do grande público.

Vídeo