O Presidente da República vai condecorar, a título póstumo, Aristides Sousa Mendes (1885-1954) com a Grã-Cruz da Ordem da Liberdade, no dia em que passam 63 anos da morte do cônsul português.

Publicado em Outros