O fim da 20ª edição do MEO Sudoeste chegou

segunda, 08 agosto 2016 04:26 Escrito por 

MEO Sudoeste contou este ano com um grande cartaz, que surpreendeu todos pela sua força, desta forma esta 20ª edição cumpriu todas as expectativas e elas eram bem altas. Outro factor que vai marcar este festival é o calor intenso que se fez sentir desde o primeiro ao último dia.

O MEO Sudoeste desde que existe, normalmente tem sempre o recinto sobrelotado. Este ano, foi mais do mesmo, imenso movimento dentro do recinto e em toda a Zambujeira do Mar, talvez devido ao calor imenso que se fez sentir durante todos os dias de festival.

A corrida à praia este ano foi uma loucura, as filas estavam sempre enormes e isto acontecia durante o dia inteiro. Dentro do recinto antes dos concertos começarem os festivaleiros ocupavam-se com a "caça" aos brindes; os lugares mais frequentados para este efeito eram o local onde se encontrava a Caixa Geral de Depósitos e os locais da Meo e da Santa Casa da Mesericórdia; no entanto pata ter direito a estes brindes era necessário cumprir alguns desafios.

Estivemos a falar com alguns festivaleiros escolhidos ao acaso e todos partilham da mesma opinião: esta edição do MEO Sudoeste foi bastante superior a todas as que assistiram. Por isso deixamos aqui algumas opiniões :

"Adorámos estes dias, esteve um tempo fantástico e aliado a isso os concertos foram excelentes"

"Foi um festival óptimo, deu para conhecer pessoas novas e se pudermos para o ano de certeza que vamos voltar".


A
s pessoas que entrevistamos e que já são repetentes disseram-nos que adoraram os dias cá passados e que realmente esta edição foi ao encontro das expectativas existente.
Por outro lado afirmaram que o cartaz estava muito bem estruturado em termos da conciliação entre os concertos com mais nome e os com menos nome.
Os estreantes têm uma opinião semelhante , dizendo que gostaram da experiência de terem estado no MEO Sudoeste.
Quanto aos artistas mais falados são: Sia, Wiz Khalifa e Martin Garrix e a grande parte diz que uma das grandes surpresas em termos de actuação foi a de Kura. As pessoas entrevistadas tinham entre 18 e 25 anos.

Modificado em terça, 09 agosto 2016 00:08