Concerto para Violoncelo e Orquestra de Luis Tinoco estreia no CCB

sexta, 17 fevereiro 2017 17:35 Escrito por 
Concerto para Violoncelo e Orquestra de Luis Tinoco estreia no CCB Jornal Hardmusica

A Orquestra Sinfónica Portuguesa dirigida por Pedro Neves executa a 19 de Fevereiro no Centro Cultural de Belém obras de Cherubini, Mendelssohn e Luis Tinoco.


A 18 de Fevereiro, pelas 21:00, em Almada, no Teatro Municipal Joaquim Benite e a 19 de Fevereiro, pelas 17:00, no Centro Cultural de Belém, a Orquestra Sinfónica Portuguesa, dirigida por Pedro Neves, apresenta um programa com uma obra em estreia de LUis Tinoco e ainda obras de Luigi Cherubini e de Felix Mendelssohn.

O Concerto para violoncelo e orquestra de Luis Tinoco é uma encomenda do Teatro Nacional de São Carlos que, no CCB, contará com a participação do solista convidado Filipe Quaresma.

O programa inclui ainda a Abertura de “La tellerie portugaise”, uma ópera cómica num acto, com libreto de Étienne Aignan, composta e estreada em 1798, no Theatre Feydeau em Paris. A acção da obra desenrola-se num albergue situado na fronteira entre Espanha e Portugal numa clássica comédia de enganos.


O espectáculo termina com a Sinfonia n. º 3 em lá menor, op. 56 (conhecida como Escocesa), de Felix Mendelssohn, obra que terá surgido aquando da visita do compositor à Escócia, em 1829, e terá sido inspirada por uma visita nocturna ao Palácio de Holyrood: “Fomos hoje a Holyrood, o castelo onde Mary Stuart viveu e amou. A capela já não tem telhado. Relva e hera crescem ali e no altar destruído onde Mary foi coroada rainha da Escócia. Acho que foi nesse local que encontrei o início da minha Sinfonia Escocesa”, escreveu Mendelssohn.