“Som da Coragem” celebra os dez anos da Orquestra de Câmara Portuguesa

sábado, 18 março 2017 22:42 Escrito por 
“Som da Coragem” celebra os dez anos da Orquestra de Câmara Portuguesa D.R.

A Orquestra de Câmara Portuguesa (OCP), sob a direcção de Pedro Carneiro, o seu maestro titular, apresenta neste domingo, no Centro cultural de Belém, “O Som da Coragem”, um concerto onde serão executadas obras de Ligeti, Chopin e Beethoven.

Este concerto, no Centro Cultural de Belém, que celebra os dez anos da OCP, conta com a participação do pianista António Rosado, e a encenação de Teresa Simas.

Em comunicado, a OCP pergunta-se : "E se a coragem tivesse um som?", e prosseguindo: "sabendo que o simples acto de fazer música é um acto de coragem, lançamos ao nosso público o seguinte: como soa a coragem de criar uma orquestra, em Portugal?".

Na celebração do aniversário, a OCP insiste nas perguntas: "Como soa a coragem da criação dos compositores" e "como soa a coragem dos músicos em palco?".


Reflectindo sobre a primeira década de existência, a OCP fala do se percurso nem sempre fácil e, na sequência das questões levantadas, afirma: "Da urgência da sua criação, de moto próprio e afirmação contínua, passando pela permanente acção de angariação de apoios junto da sociedade civil, à perseverança de marcar a diferença pelo fulgor das suas interpretações".

Assim, "a OCP celebra a sua primeira década de existência sob o lema d''O Som da Coragem'", remata.


A orquestra lembra os diversos projectos musicais e sociais aos quais tem estado ligada, como a Jovem Orquestra Portuguesa, já no quarto ano consecutivo de internacionalização, o projecto Notas de Contacto -- a OCPsolidária na CerciOeiras, que define como "uma orquestra de câmara especial", e também o 'Sementes OCP', no Centro Social Bairro 6 de Maio, na Amadora, a Associação de Pais e Amigos de Crianças, de Barcelos, e a Orquestra Académica da Universidade de Lisboa.


A OCP salienta também os "projectos performativos com mais de uma dezena de bandas filarmónicas do centro e norte" do país.


O programa do concerto de domingo, que acontece, pelas 17:00, no grande auditório do Centro Cultural de Belém, apresentará “Ramifications”, do compositor húngaro György Ligeti (1923-2006), o Concerto para piano e orquestra nº. 2 em fá menor, de Frédéric Chopin, e a Sinfonia nº. 7 em Lá Maior, de Ludwig van Beethoven (1710-1927).

Modificado em domingo, 19 março 2017 00:52