×

Aviso

There was a problem rendering your image gallery. Please make sure that the folder you are using in the Simple Image Gallery Pro plugin tags exists and contains valid image files. The plugin could not locate the folder: media/k2/galleries/34304

Web Summit: Luis Figo e Ronaldinho Gaucho apresentaram as suas Apps

quarta, 09 novembro 2016 13:55 Escrito por 

No segundo dia de Web Summit Figo e Ronaldinho Gaúcho apresentaram a sua aplicação para smartphones, a Dream Football.

Esta App destina-se a permitir aos jovens atletas mostrem o seu talento aos clubes de grande dimensão nacionais e internacionais, como por exemplo Inter de Milão, SL Benfica, Rapid de Viena, Grémio de Porto Alegre - Brasil.

No painel da conferência "Do footballers make good entrepreneurs?", Figo confessou que o seu lema de vida do clube onde começou era "no futebol nada te é dado se não trabalhares e se não te esforçares. E no mundo dos negócios é muito importante estar com pessoas inteligentes, estar rodeado das pessoas certas. Tal como no futebol, aqui também tudo funciona melhor em equipa. Importante é ter uma boa equipa", sugeriu o internacional português.

Num painel dirigido por James Dart, editor de desporto do jornal inglês ´The Guardian', o antigo internacional brasileiro falou da sua vida após deixar de jogar e deixou um conselho aos que pretendem ingressar no futebol.

"Eu fui sempre movido a alegria. O que posso dizer a um miúdo que queria ser futebolista? Que dê sempre o máximo no trabalho mas que nunca se esqueça de fazer tudo com alegria", disse o ex-futebolista, agora com 36 anos.

Hoje o futebolista brasileiro apresentou a sua aplicação aos jornalistas, a Zoome, onde explicou ter ficado fascinado com a ideia de poder estar em contacto permanente com os seus fãs de todo o mundo e que o seu objectivo é convidar os seus amigos a utilizarem a aplicação.

"Quero que pessoas em todo o mundo possam ter acesso ao Zoome. A ideia também é ajudar os meus amigos a usarem a aplicação e assim estarem conectados com os fãs dos cinco continentes".

Ronaldo explicou que no final da sua carreira começou a seguir e a ver exemplos de outros colegas que se tinham tornado empresários, mas não no mundo do futebol.

Vídeo

Galeria de Imagens

{gallery}34304{/gallery}
Modificado em quarta, 09 novembro 2016 14:38