Lisboa Games Week 2016, o unverso dos Videojogos chegou à FIL

sexta, 18 novembro 2016 00:16 Escrito por 
Lisboa Games Week 2016, o unverso dos Videojogos chegou à FIL D.R.

A FIL abriu portas, nesta próxima quinta-feira, dia 17, ao universo dos videojogos e à festa interactiva da realidade virtual na 3ª edição do Lisboa Games Week.

Consolidando-se a cada edição como evento de referência nacional, marcando já as agendas de feiras internacionais de videojogos, a Lisboa Games Week, organizado pela FIL, Fundação AIP, em parceria com a E2Tech, contando com mais de 100 marcas, empresas e entidades e uma área de mais de 15.000 m2, aumentando o espaço relativamente à última edição.

É na FIL, durante a realização do Lisboa Games Week, que serão lançadas muitas das novidades, e serão apresentadas antestreias de jogos, consolas e dispositivos de realidade virtual, que os amantes deste mercado aguardam com alguma espectativa., refere a nota de imprensa

Grandes marcas e estúdios internacionais como a PlayStation, Xbox, Warner Bros, Activision, EA, Namco Bandai, entre outros, e a certeza de proporcionar aos 50 mil visitantes esperados, durante os quatro dias de diversão, convívio e competição, fortalece esta que é a grande convenção nacional de videojogos, tecnologia e entretenimento.

Entre as muitas actividades que deliciam e fazem subir a adrenalina dos mais novos aos pais e avós, há espaço para todos os gostos, distribuindo-se por vários espaços temáticos – Família; Fantástico e Museu de Videojogos; Retrogames e Pinball; simuladores lojas e animação Pop Culture, entre outras.

Destaque para mais uma edição de eSports, do Asus Republico of Gamers, concursos de Cosplay, e a já habitual e tão aguardada presença com os maiores e Youtubers de videojogos nacionais, proporcionando, principalmente aos mais novos, a oportunidade de lhes pedirem ‘umas dicas’, um autógrafo ou tirem uma selfie com alguns dos seus favoritos.


O sector económico dos videojogos são, na indústria do entretenimento, o mais lucrativo do mundo (mais do que a música, e o cinema) e é esperado que o mercado cresça em 2017 para 138.2 bilhões de dólares.