Tozé Brito edita “A Memória do Amor”nos seus 50 anos de percurso artístico

“A Memória do Amor” de Tozé Brito é o disco que vem celebrar 50 anos de carreira de um dos mais consagrados autores nacionais.

 



São 50 anos de contributo para a música portuguesa, quer enquanto cantor, letrista, compositor, quer como produtor e editor. A celebrar meio século de carreira, Tozé Brito presenteia-nos com um álbum de memórias revigoradas de grandes êxitos como “20 anos” e “Olá, Então Como Vais”, mas também com surpreendentes temas originais como “Ser Tudo Para ti” e “Amanhecer”.


O disco “A Memória do Amor” está disponível já em formato físico e digital e tem 11 canções. Nas palavras de Tozé Brito, este é um trabalho “simples, despretensioso, despido de arranjos, onde tentei registar a minha voz tal como ela é aos 66 anos, praticamente sem overdubs, reverberacão, compressão ou auto tunning, como se me estivessem a ouvir ao vivo, em casa, entre amigos. Gostei desta simplicidade de processos e da honestidade com que todos participámos e sentimos este álbum, um álbum de canções de amor de uma espontaneidade e ingenuidade que as impede de serem cerebrais. Têm por isso a simplicidade de um grande amor. É acima de tudo um álbum que gravei a pensar em todos aqueles que são o filme e a banda sonora da minha vida, que me acompanharam nos bons e nos maus momentos, a quem devo o que sou e a minha inspiração. É um tributo ao amor, à amizade e ao respeito, um álbum dedicado a quem segue estes valores supremos.”


Com centenas de canções escritas, Tozé Brito tem dado palavras às vozes e interpretações de nomes como Adelaide Ferreira, Ana Moura, Anjos, Carlos do Carmo, Cuca Roseta, Doce, Eugénia Melo e Castro, Fábia Rebordão, José Cid, Lúcia Moniz, Marta Plantier, Paulo de Carvalho, Ricardo Ribeiro, Simone de Oliveira, Victor Espadinha, entre muitos outros.

A longevidade na arte e na cultura, quanto a mim, é a maior prova de qualidade a que podemos aspirar.” (Tozé Brito)

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade