"A Viagem da Alma" uma exposição de pintura e fotografia no Instituto Romeno

"A Viagem da Alma" uma exposição de pintura e fotografia no Instituto Romeno

"A Viagem da Alma" uma exposição de pintura e fotografia no Instituto Romeno D.R.

O Instituto Cultural Romeno em Lisboa acolhe, de 06 a 31 de Julho de 2017, a exposição “A viagem da alma”, com obras de Graţiela Andrei Peralta (pintura) e Ramón Peralta (fotografia).

A inauguração terá lugar pelas 19:00 de quinta - feira, 06 de Julho, na galeria ICR Lisboa, Rua Barão, nº. 10, Alfama, contando com a presença dos dois artistas.

“A viagem da alma” é uma procura, sui generis, de fusão entre a sensibilidade europeia e a da América Latina, que começou logo na primeira visita que Ramón Peralta fez à Roménia.


Graţiela Andrei Peralta quis mostrar ao marido a beleza e o encanto dos lugares de onde partira há anos, planeando, uma espécie de viagem de iniciação.
Para Graţiela Andrei, esta viagem tornou-se, cada vez mais, numa oportunidade para redescobrir as suas próprias origens e para rever as suas próprias fontes de formação como artista.

A expressão artística da Graţiela Andrei Peralta encontra-se na fronteira entre o desenho e a pintura, e as suas obras desenvolvem toques sintéticos, um gestualismo a preto e branco, com pólos variáveis que transformam os símbolos ancestrais em contemplações modernas, profundamente pessoais, de protótipos gráficos. A clareza do toque, a delicadeza transparente e a fragilidade do suporte em papel, formam conjuntos que nos levam a pensar nos poemas japoneses (haikus) visuais.”, refere a nota de imprensa


Por outro lado “Os fotogramas de Ramón Peralta são apenas um pretexto figurativo, que se torna, por acréscimo gráfico (lápis manuseado energicamente, resultando num acumular de linhas), em ideogramas da paisagem que o artista quer agarrar. Estando, aparentemente, em registos diferentes, os trabalhos dos dois artistas convergem para um entendimento comum da realidade exterior como espaço de contornos evanescentes da alma.”, explica a mesma nota


Gratiela Andrei Peralta nasceu em Barlad, Roménia, em 1972. A sua primeira exposição individual, Idelier Concept Store Bucareste, foi inaugurada em 2009. Em Portugal participou nas exposições organizadas pelo ICR Lisboa:Blouse roumaine, femme roumaine (Lisboa - 2015 - Alter do Chão e Portalegre - 2016) e Azulejo na visão dos artistas romenos (Lisboa - 2016 - Viana do Castelo - 2017).


Ramón Peralta,
que nasceu no México, em 1972, é um artista visual e escritor; estudou fotografia na Universidade Nacional Autónoma da Cidade do México. Publicou os volumes de poesia: Diáfanas espigas (Feta, 2003) Fotosintesis (Invisible Ediciones, 2006) e El Paso Eva (Pharus, 2011). Em Lisboa, teve as exposições individuais de fotografia: Tocar a neve e sentir as nuvens(Galeria MUTE de 2015 - um relato pessoal do primeiro encontro do artista com a neve, que se passou na Roménia), A Paisagem e Outras Vozes (2015) e Os mundos do Sílvio (2016) para L'H Gallery. Participou em várias exposições de fotografia em Portugal e no estrangeiro, incluindo a do Museu HR Giger na Suíça: Criadores de lendas. Homenagem a Giger HR (2017).

terça, 14 Nov. 2017 10:00 – domingo, 31 Dez. 2017 17:00
Campo Grande 245, Lisboa, Lisboa

terça, 14 Nov. 2017 10:00 – domingo, 17 Dez. 2017 18:00
Campo Grande 245, Lisboa, Lisboa

captcha