Morreu Charles Bradley, cantor de soul que chegou tarde aos palcos

Morreu Charles Bradley, cantor de soul que chegou tarde aos palcos

Morreu Charles Bradley, cantor de soul que chegou tarde aos palcos D.R.

O cantor de soul norte-americano Charles Bradley morreu este sábado, aos 68 anos, vitimado por um cancro no estômago diagnosticado no final do ano passado.

A notícia foi divulgada na página oficial do cantor no Facebook, onde se pode ler que o artista se sentia “genuinamente grato pelo amor que recebeu de todos os seus fãs”.


Charles Bradley começou tarde a sua carreira de músico. Só em 2011, aos 62 anos lançou o seu álbum de estreia intitulado “No Time for Dreaming”.


Bradley nasceu em Gainsville, na Flórida, em 1948, e toda a sua vida esperou para cumprir o sonho de uma carreira na música.


Um sonho que vivia com ele desde os 14 anos, quando assistiu a um concerto de James Brown no Apollo, a mítica sala de concertos no bairro nova-iorquino de Harlem.

Depois disso viveu nas ruas de Nova Iorque, foi cozinheiro, canalizador, carpinteiro, engraxador. “Mas a música esteve comigo toda a vida”, dizia ao Público em 2011.

Nenhuma evento encontrado.
captcha