No Dia Mundial do Livro Campo de Ourique ganha uma Biblioteca

No Dia Mundial do Livro Campo de Ourique ganha uma Biblioteca

No Dia Mundial do Livro Campo de Ourique ganha uma Biblioteca Junta de Campo de Ourique

O Cinema Europa regressou ao convívio dos habitantes do bairro, neste Dia Mundial do Livro, resultado da luta e da persistência do Movimento SOS Europa e da Junta de Freguesia local.

Esta primeira abertura de portas contou com eventos de carácter cultural como um concerto de voz e cordas, leitura de textos de poetas e ainda uma performance teatral pelos alunos de Teatro da Universidade Senior da Junta de Freguesia de Campo de Ourique.
Mas foi Rui Remígio quem foi descrevendo para o muito público presente toda a odisseia do SOS Europa para conseguir levar por diante a tarefa em que empenharam, um processo que segundo as suas palavras durou 12 anos e 70 dias.
Para melhor ilustrar as situações apresentou dois pequenos vídeos com imagens de alguns passos dados em todo o processo.
Mas o Jornal Hardmusica quis falar com a entidade oficial responsável pelo concretizar de um sonho de todo o Bairro de Campo de Ourique: recuperar o Cinema Europa.
Pedro Cegonho, presidente da Junta de Freguesia de Campo de Ourique entretanto afirmou: Desde que foi demolido e os antigos donos fizeram o novo edifício, o projecto já constava do orçamento participativo. Como havia uma opção de compra, o edifício foi adquirido e o município delegou na junta a construção da biblioteca e do auditório.

Os arquitectos intervenientes foram da Câmara, elucidou Pedro Cegonho. Por outro lado e porque se trata de um Bairro onde moram muita gente ligada às artes, admira não haver mais espaços de cultura, nomeadamente um Auditório. Mas segundo o autarca a resposta é simples:. “As juntas não têm meios para construir auditórios. E em Campo de Ourique há muitos espaços que podem ser utilizados como tal, como nas Escolas do Bairro. Foi agora possível termos um espaço multiusos e a biblioteca.”
Quanto à programação do espaço a mesma será da responsabilidade conjunta das duas entidades Junta de Freguesia e SOS Europa,,"pois calendário será feito pelas duas estruturas também para mantermos a sociedade civil no projecto.“O planeamento será semestral e até a EGEAC poderá sugerir algum programa”, acrescentou o autarca.
E porque estamos em ano de eleições autáquicas quiasemos saber se a abertura da Biblioteca neste altura estaria relacionada com essa data ao que Pedro Cegonho foi peremptório :na respposta “O espaço abriu porque já estava pronto. Cumprimos o calendário. Não houve qualquer relação com datas posteriores. Foi um processo complexo, recrutamento de pessoal, formação de pessoal, catalogação de livros. Foi agora que ficou pronto. Portanto foi agora que foi possível abrir. Não teve nada a ver com eventos futuros”.E pronto!

Os cinco mil livros expostos na Biblioteca, que comporta oito mil foram na sua maioria adquiridos, esclareceu pedro Cegonho, mas alguns vieram de doações anteriores.
Portanto ficámos a saber que quem tiver livros que queira doar à Biblioteca de Campo de Ourique pode contactar a Junta e saber como fazer.

Mas esta festa continua ainda no próximo dia 29 com um encontro cuja organização é da responsabilidade da SOS Europa.
Perspectivado para o Verão está um espectáculo que Guida Maria, também ela habitante do Bairro, oferece à Junta. A data será anunciada em breve.

A Biblioteca estará aberta todos os dias entre as 10:00 e as 19:00. Convém acrescentar que é uma Bibliotecaonde as novas tecnoçlogias estão presentes: WiFi gratuito, computadores e consolas para os mais pequenos. Um espaço confortável onde aliados aos livros de antigos e novos escritores está a moderna tecnologia a ajudar a aquisição do Conhecimento.

terça, 14 Nov. 2017 10:00 – domingo, 31 Dez. 2017 17:00
Campo Grande 245, Lisboa, Lisboa

terça, 14 Nov. 2017 10:00 – domingo, 17 Dez. 2017 18:00
Campo Grande 245, Lisboa, Lisboa

sábado, 18 Nov. 2017 00:00 – 23:59

captcha