Jorge Palma incendiou o Colombo com o seu "nada" " Frágil"

Jorge Palma incendiou o Colombo com o seu "nada" " Frágil"

Jorge Palma encerrou o ciclo "A Arte chegou ao Colombo"num concerto em que arte, música e talento se juntaram na Praça Central do Colombo.

Jorge Palma encerrou no Centro Comercial Colombo, o ciclo "A Arte Chegou ao Colombo" com um concerto onde fez transbordar toda a sua arte quer vocal e interpretativa como de intérprete ao piano.

A Praça Central do Colombo estava cheia e das varandas circundantes muitos assistiam ao concerto.
Jorge Palma é um nome que atravessa gerações e que a todas tem deixado uma marca de música e sobretudo de forma de estar na música.

Neste concerto deu mais uma vez a mostra evidente de como em música se pode estar solto, livre, mas também muito atento ao que o público gosta.

E Jorge Palma foi desfiando temas de autores, alguns dos quais tiveram as suas fotografias expostas, e outros temas bem conhecidos seus como "Deixem-me rir", "Frágil".
Jorge Palma é um exímio executante de piano e o público reconhece o mérito e aplaude com convicção.
Este concerto trouxe mais uma vez um Jorge Palma conhecedor do seu talento a um público algo distraído mas que mesmo assim o aplaudiu com fervor reconhecendo a sua arte.

terça, 14 Nov. 2017 10:00 – domingo, 31 Dez. 2017 17:00
Campo Grande 245, Lisboa, Lisboa

terça, 14 Nov. 2017 10:00 – domingo, 17 Dez. 2017 18:00
Campo Grande 245, Lisboa, Lisboa

captcha