“Som da Coragem” celebra os dez anos da Orquestra de Câmara Portuguesa

“Som da Coragem” celebra os dez anos da Orquestra de Câmara Portuguesa

“Som da Coragem” celebra os dez anos da Orquestra de Câmara Portuguesa D.R.

A Orquestra de Câmara Portuguesa (OCP), sob a direcção de Pedro Carneiro, o seu maestro titular, apresenta neste domingo, no Centro cultural de Belém, “O Som da Coragem”, um concerto onde serão executadas obras de Ligeti, Chopin e Beethoven.

Este concerto, no Centro Cultural de Belém, que celebra os dez anos da OCP, conta com a participação do pianista António Rosado, e a encenação de Teresa Simas.

Em comunicado, a OCP pergunta-se : "E se a coragem tivesse um som?", e prosseguindo: "sabendo que o simples acto de fazer música é um acto de coragem, lançamos ao nosso público o seguinte: como soa a coragem de criar uma orquestra, em Portugal?".

Na celebração do aniversário, a OCP insiste nas perguntas: "Como soa a coragem da criação dos compositores" e "como soa a coragem dos músicos em palco?".


Reflectindo sobre a primeira década de existência, a OCP fala do se percurso nem sempre fácil e, na sequência das questões levantadas, afirma: "Da urgência da sua criação, de moto próprio e afirmação contínua, passando pela permanente acção de angariação de apoios junto da sociedade civil, à perseverança de marcar a diferença pelo fulgor das suas interpretações".

Assim, "a OCP celebra a sua primeira década de existência sob o lema d''O Som da Coragem'", remata.


A orquestra lembra os diversos projectos musicais e sociais aos quais tem estado ligada, como a Jovem Orquestra Portuguesa, já no quarto ano consecutivo de internacionalização, o projecto Notas de Contacto -- a OCPsolidária na CerciOeiras, que define como "uma orquestra de câmara especial", e também o 'Sementes OCP', no Centro Social Bairro 6 de Maio, na Amadora, a Associação de Pais e Amigos de Crianças, de Barcelos, e a Orquestra Académica da Universidade de Lisboa.


A OCP salienta também os "projectos performativos com mais de uma dezena de bandas filarmónicas do centro e norte" do país.


O programa do concerto de domingo, que acontece, pelas 17:00, no grande auditório do Centro Cultural de Belém, apresentará “Ramifications”, do compositor húngaro György Ligeti (1923-2006), o Concerto para piano e orquestra nº. 2 em fá menor, de Frédéric Chopin, e a Sinfonia nº. 7 em Lá Maior, de Ludwig van Beethoven (1710-1927).

Nenhuma evento encontrado.
captcha