Palco no Rock in Rio terá 14 horas de música por dia

Palco no Rock in Rio terá 14 horas de música por dia

Palco no Rock in Rio terá 14 horas de música por dia Divulgação

O Music Valley chegou ao Rock in Rio-Lisboa para conquistar o coração dos habitantes da Cidade do Rock! Neste palco non-stop, cujo nome é inspirado na própria arquitectura natural do Parque da Bela Vista, há 14 horas de música por dia.

Com uma programação diversa e surpreendente, com espaço para as famosas Somersby pool parties, que esta edição estão de volta e ainda maiores, passando por concertos de grandes nomes da música portuguesa e, ainda, festas de música electrónica que prometem animar a noite e trazer, a este vale, DJ’s consagrados e conceitos inovadores!

O Music Valley é resultado do momento de inovação e ebulição criativa pelo qual estamos a passar – não só no Rock in Rio como, também, em Portugal. Criámos um palco que traz para a Cidade do Rock grandes nomes da cena atual da música nacional, e alguns convidados que têm vindo a interagir com a música portuguesa em diversos cenários e ocasiões”, explicou em comunicado Roberta Medina, Vice-Presidente Executiva do Rock in Rio.
Para Zé Ricardo, Director Artístico do Music Valley, “este é um palco onde a música vai além da nossa imaginação. É um palco que vai mexer com os nossos sentidos e com as nossas emoções, proporcionando momentos ‘de cortar a respiração’ – seja por tanto cantar, por tanto pular e dançar ou, simplesmente, pela energia contagiante que se vai viver neste vale”.


Assim que as portas da Cidade do Rock abrirem, a festa começa com as célebres Somersby Pool Parties. Depois do sucesso na edição de 2016, estas festas – inspiradas nas famosas pool parties de Las Vegas, por onde o Rock in Rio passou em 2015 - estão de volta a Lisboa e ainda maiores! Há mais horas de Somersby Pool Parties por dia com a animação a começar logo às 12:00, oferecendo, assim, aos visitantes do recinto a oportunidade única de darem um mergulho em pleno ambiente de Rock in Rio, ao som de vários DJ’s.

Ainda antes do sol de pôr, seguem-se concertos especiais de grandes nomes da música cantada em português. Carolina Deslandes, HMB, Capitão Fausto, Manel Cruz, Carlão, Anavitória, Língua Franca com Sara Tavares e Blaya são algumas das vozes incontornáveis do momento que, em Junho, vão subir ao Music Valley para mostrar o que de melhor se faz no panorama da música actual.

Quando a noite cai, o Music Valley vai ter festas onde se apresentam os maiores DJ’s nacionais – como DJ Vibe, Diego Miranda, Karetus, Deejay Kamala; convidados internacionais – como Vintage Culture, o DJ mais requisitado no Rock in Rio Brasil, em 2017, tendo terminado o set com 80 mil pessoas na plateia a assistir; live acts de artistas conceituados – como Moullinex, Da Chick, Mishlawi, Bispo; e muitas mais surpresas!


Para Artur Peixoto, Director Artístico do Music Valley “o que se vai viver na Cidade do Rock é, verdadeiramente, surpreendente e inédito. É a primeira vez que um festival traz para dentro de portas o conceito de festas, oferecendo ao público aquilo que ele já procura no seu dia-a-dia mas potenciando a experiência ao máximo, num ambiente incrível como é o Parque da Bela Vista”.

E como no Music Valley tudo pode acontecer, “A” festa que se prepara para levar o revivalismo dos anos 90 a outros pontos do país chega ao Rock in Rio-Lisboa! Revenge of the 90’s toma conta do Music Valley no dia 29 de Junho, sendo esta a primeira vez que um conceito como este se apresenta num festival.

Todos os artistas que vão subir ao Music Valley vão mostrar ao público o que de melhor se faz na música em português, seja na electrónica, no pop, no rock ou na música urbana! E podem ter a certeza que este vai ser ‘O’ espaço onde todas as pessoas vão querer estar na Cidade do Rock: um vale que vai mexer com as nossas emoções, que nos vai proporcionar momentos verdadeiramente de arrepiar, que nos vai oferecer momentos de tanta festa que nos vai faltar o ar!”, afirmou Zé Ricardo.


No primeiro dia, 23 de Junho, às Somersby Pool Parties seguem-se as vozes de Anavitória, a dupla brasileira responsável pelo hit “Trevo”, que conta com a colaboração de Diogo Piçarra, e Carolina Deslandes, que vai dar aos visitantes “amor para a vida toda” num espetáculo especialmente criado para este palco. A festa continua até às 02:00 com a festa “Mirror Ball” onde a música electrónica é a rainha da noite nas duas variações. Há live acts e DJ’s, como Funkamente, Da Chick, Moullinex e DJ Vibe volta à Cidade Do Rock com o conceito DJ Vibe 35v50, celebrando os seus 35 anos de carreira e 50 de vida ao som dos bits que continuam a fazer vibrar o público português.

Dia 24 de Junho o palco fica a cargo de Língua Franca com Sara Tavares, uma nova formação que se estreia no Music Valley e que conta com a artista portuguesa Capicua, os rappers brasileiros Emicida e Rael e, agora, com a participação especial de Sara Tavares. A dispensar apresentação seguem-se os HMB, que vão mostrar que “O Amor é assim” e o Music Valley também, num espetáculo que vai deixar o público a cantar e dançar do primeiro ao último acorde. E porque a música não para, neste dia o Music Valley recebe a festa Sweet Playgroung, capitaneada por Deejay Kamala. Uma noite dedicada à música urbana onde, além do próprio DJ, poderá ouvir-se Bispo, Supa Squad, Dillaz e Mishlawi.

O segundo fim-de-semana arranca com uma pegada mais alternativa. Depois de alguns mergulhos na Somersby Pool Party, dia 29 de Junho o Music Valley recebe um dos maiores nomes da música portuguesa - Manel Cruz. O artista que se tornou célebre nos Ornatos Violeta – uma das eternas bandas portuguesas – vai estrear no Rock in Rio o seu novo trabalho, a ser lançado em breve. Seguem-se os Capitão Fausto, que, depois do sucesso em 2016, voltam ao Parque da Bela Vista com um concerto único! E é neste dia que “a Cidade do Rock vai abaixo” com uma das festas mais badaladas do momento. Revenge of the 90th’s vai levar os fãs à loucura com os maiores hits dos anos 90 e muitas surpresas que estão a ser preparadas especialmente para este momento.

No último dia do festival, a temperatura vai subir quando Blaya, cantora e bailarina que começou o seu percurso nos Buraka Som Sistema, subir ao Music Valley. Com um projeto novo a ser apresentado em breve, esta será a primeira apresentação ao vivo da artista, a solo, e a primeira oportunidade para o público se deixar contagiar pelo seu som. Mas a festa não fica por aqui e logo depois de Blaya o público vai poder “viver para sempre” com Carlão, que sobe ao palco no último dia do festival. Para encerrar em grande esta noite - e o Rock in Rio -, o Music Valley recebe a festa "Eletric Dance Floor", uma noite de música electrónica no seu expoente pop que vai deixar o público em êxtase, com Karetus, Diego Miranda e Vintage Culture no comando (DJ e produtor brasileiro que pôs o Rock in Rio, no Rio de Janeiro, a dançar ao som do seu set, tendo sido um dos espectáculos mais requisitados nessa edição com cerca de 80 mil pessoas a assistir).

Neste vale, os visitantes da Cidade do Rock vão poder viver um palco que vai, sem dúvida, promover o contacto e a interacção entre públicos, géneros e estilos! E não é difícil encontrá-lo: basta seguir a boa vibe e ir subindo em direcção à música. No Music Valley vai ser possível viver uma programação recheada de incríveis momentos musicais que vai tornar esta grande festa ainda maior!

captcha