Batalha do Vimeiro com a presença de Dom Manuel II

sábado, 15 julho 2017 01:41 Escrito por 

A terceira edição da recriação histórica da Batalha do Vimeiro começou com a chegada da corte à Feira Oitocentista, seguido de Ceia Real.

A corte de Dom Manuel II chegou ao Vimeiro para visitar a Feira Oitocentista e assinar o livro de honra.

Depois foi servida a Ceia Real para os convidados de Sua Majestade, na tenda Real com direito a musica.

De salientar que durante a refeição foram cumpridos todos as formalidades do Séc XIX, exceptuando uma ou outra indumentária que fazia parte do Séc XXI.

O Rei Dom Manuel II, foi interpretado por Miguel, igualmente com 18 anos de idade. Miguel terminou este ano o 12º ano e é actor amador.

Embora só tenha tido "três ensaios com o grupo", mas muitas vezes "a olhar para o espelho e a dizer as frases", Miguel esteve extraordinário na sua personagem.

Na Ceia Real foi servido queijo, presunto e paio, como entradas; carne com jardineira (congelada), como prato principal e a sobremesa crepes de chocolate.

O brinde final foi com a agurdente da Lourinhã, "única com Denominação de Origem Demarcada na Europa", disse o Vereador Fernando Pereira de Oliveira.

A Feira Oitocentista conta com cerca de cem expositores, que vão desde a alimentação, artesanato, actividades lúdicas, comércio de produtos, entre outros.

O dia terminou com um grandioso espectáculo de malabarismo com fogo, acompanhado pelos Manuk. Um grupo, do Porto, de três elementos que conta com cinco anos de existência. do Porto

Para o segundo dia estão reservados alguns eventos: pelas 10:30 um Peddy Paper, pelas ruas do Vimeiro. Na Lourinhã, pelas 11:00 os grupos de recreadores desfilam pelas ruas da.

Da parte da tarde, pelas 15:00 será encenada uma visita guiada no Centro de Interpretação da Batalha do Vimeiro.

Das 15:30 às 17:30, no Acampamento Militar, serão executadas manobras militares pelo grupo de Recreadores.

Pelas 16:00 ocorre no Centro de Interpretação da Batalha do Vimeiro um Workshop intitulado "Dançar em tempo de Guerra", seguido de um atelier didáctico.

No Anfiteatro do Centro de Interpretação haverá um concerto com o coro Municipal, pelas 18:00. Uma hora depois, junto ao Monumento do 1º Centenário da Batalha, terá início o Baile Oitocentista.

Pelas 22:00 será feita uma Recreação Histórica da Batalha do Vimeiro, no campo onde a mesma aconteceu.

A Orquestra de Sopros e Percussão Jovens do Oeste tocam pelas 23:00, sendo que o dia terminará pelas 00:30 com o espectáculo de malabares de fogo com o acompanhamento musical dos Manuk.

Modificado em sábado, 15 julho 2017 02:55